Lançamento do Livro Fora da Ordem de Vinícius Borba, domingo (15/11), no CCBB (DF)

Capa_FRENTE_Fora da Ordem_Vinicius Borba

Ativista de Saraus e morador de São Sebastião, Vinicius Borba (matrícula 197) começa série de lançamentos do livro “Fora de Ordem”, de domingo (15/11), no CCBB (DF), finalizando no Fórum Social Mundial, em Porto Alegre em 20/01/2016.

Saindo de casa e ganhando o mundo. Assim fará o poeta Vinícius Borba que realizará um périplo de lançamentos do livro “Fora da Ordem”, começando neste domingo (15/11), às 16h30, no III Pipocando Poesia, no CCBB Brasília. Depois Borba alçará voo e distribuirá autógrafos e performances poéticas em Ceilândia Norte e em São Sebastião. Depois as fronteiras do DF serão vencidas e o poeta e sua obra alcançarão São Paulo, Goiás e Rio Grande do Sul. ((vide serviço pelas datas)

Debatendo direitos humanos, direitos dos manos — como define o poeta — e a realidade das periferias do DF e do Brasil será lançado o primeiro livreto poético hipertextual de Vinícius Borba, o “Fora da Ordem”. O autor, que realiza saraus há 12 anos pelo Coletivo Radicais Livres S/A em São Sebastião e outras comunidades do DF discute os extremos da atualidade, a situação do Congresso Nacional e seus retrocessos, refugiados e as violações de direitos em curso. O lançamento inicial ocorre no Centro Cultural do Banco do Brasil em Brasília, pelo Projeto Pipocando Poesia, no próximo dia 15, e tem uma agenda de espetáculos marcados em outros eventos na comunidade do autor e cidades do DF, além de agendas em São Paulo, Rio Grande do Sul e Goiás.

Dentre as poesias do livro, textos como “Não me representa” (http://bit.ly/1MCktzO) marcam a ácida crítica política ao atual cenário do país, lembrando as conseqüências eleitorais dos usos dados aos atos das Jornadas de Junho, que agitaram o Brasil. Noutras como no poema “Pois sou poeta” (http://bit.ly/1PqA9vc), Vinicius relaciona espiritualidade e profecias apocalípticas com o fato de ter tido filhas em tal época, brincando com sua realidade e com os receios que pairam sobre a humanidade nesses tempos. Escreve também sobre a realidade de São Sebastião, comunidade onde vive e constrói sua trajetória, mesclando o amor a sua cidade e denúncia das agruras da violência contra a juventude de uma das comunidades ainda aturdidas pela guerra de gangues.

“Procurei debater do meu ponto de vista essa história toda, esse processo de lutas e aflições pelas quais temos vivido e passado, sem muitas vezes refletir sobre o dia a dia e nossas histórias humanas para além da politicagem. Discuti também temas como a Juventude, na qual muita gente deposita confiança para a renovação de um planeta em crise, mas que nem sempre está preparada para enfrentar tais desafios sem o risco de se corromper”, afirma o poeta. Para ele, estar “Fora da Ordem” hoje é buscar práticas, valores sustentáveis e uma nova consciência em todos os aspectos, mas especialmente no trato uns para com os outros, combatendo preconceitos e lutando por direitos.

Para Vinicius, que viveu as lutas populares dos últimos 13 anos do DF, desde o Movimento do Passe Livre, passando pelo coletivo Radicais Livres S/A com o qual realizou mais de 300 saraus pelas periferias do DF e em São Sebastião até as Jornadas de Junho, o momento é importante para reflexão e debate sobre os valores humanos. A dignidade da vida é o motivo pelo qual abordou temáticas de direitos humanos. “Como morador de perifa e jornalista atuei nestas áreas, assim como assessor e militante em direitos humanos. Acho que o mundo pode sim viver com mais amor. Mas terá ainda que aprender a dar controle a suas violências e ganâncias para chegarmos lá”, acredita.

Um dos textos trata de sua história de amor com a professora, contadora de história  e musa, Francineia Alves, no texto Sarau Enamorados (http://bit.ly/1MCkDaq). Num tom cômico ele comenta como encontrou a esposa em três saraus seguidos até o desfecho com sua “Dulcineia”.

Lançamentos nacionais

Os lançamentos ocorrem a partir do III Pipocando Poesia no CCBB, dia 15 e seguem com vários espetáculos e intervenções nas satélites do DF e saraus das comunidades. No dia 22 de novembro inicia lançamentos em São Paulo, até o dia 30, rodando alguns municípios do interior e principais saraus da periferia da capital, além de lançamentos em Goiás em dezembro e no Rio Grande do Sul, terra natal do autor no Fórum Social Mundial, em janeiro.

Hipertextualidade

Além de impresso o livro será lançado também para download gratuito pela internet, em versão hipertextual, na dinâmica da Arte de Interface, como definido pelo Coletivo Palavra, com o qual o poeta também atuou. Vários links de reportagens, vídeos, músicas e outras influências do autor serão ali dispostas para debate e ampliação de sentido dos poemas. (A partir do dia 15 no link (http://issuu.com/viniciusborba0 ).

Ilustrações

As ilustrações são de Carlione Maria Ramos, artista plástica mineira radicada no DF, especialmente em São Sebastião. A artista iniciou sua produção em artes visuais com materiais reciclados do lixo, e hoje cursa design e artes visuais na Universidade de Brasília (UnB), com belíssimas obras como os ensaios em grafite que ilustram o livro Fora da Ordem.

Ficha técnica

Fora da Ordem – Poesias e diagramação: Vinicius Borba; Ilustração: Carlione Ramos; Capa: George Gregory – 1ª ed. – São Sebastião – Brasília (DF): Ed. do Autor, 2015. 36 p.; 21×14 cm.

1. Poesia. 2. Literatura Divergente. 3. Resistência rimada.

Acompanhe pelas páginas

http://issuu.com/viniciusborba0 (Versão hipertextual para download)

www.viniciusborbablogspot.com

Facebook.com/PoetaViniciusBorba

Serviço:

Lançamento do livro Fora da Ordem, poesia de Vinicius Borba

Agenda de Lançamentos

Distrito Federal (Entrada Franca)

·      15/11 – DOM – 16h30 – III Pipocando Poesia – CCBB – Brasília

·      17/11 – TER –  20h00 –  SarauVA – Espaço Cultural Leão de Judá –  Ceilândia N– P-Norte EQNP 9/13                                                    (Frente a Feira do P-Norte)

·      19/11 – QUI – 20h00 – Poesia de Quinta – Espaço Natural, Qd. 104 – São Sebastião DF

·      20/11 –  SEX – 20h00 – Libertad – Consciência Negra – Casa Frida , Bairro do Bosque, S.S.

·      21/11 – SAB – 15h00 – Sarau da Consciência Negra – Coletivo Inove – Centro Ed. 01 de São Sebastião                                              (Centrão)

São Paulo

24/11 – TER – [SP] Sarau da Cooperifa – 20h – Bar do Zé Batidão (Zona Sul)

25/11 – QUA – [SP] Sarau Samba Original – 20h – Associação Zumaluma, Rua Cerqueira Cesar, 703 (Jd. Santa                                  Teresa) – Embu das Artes – SP

28/11 – SAB – [SP] Sarau Preto no Branco – 20h – Bloco do Beco – Jardim Ibirapuera (Zona Sul)

Goiás

Dezembro ( Em fase de produção)

Rio Grande do Sul

20/01/16 – Fórum Social Mundial – Porto Alegre

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s