Lançamento do livro Os Diamantes Azuis – Luzes e Bolhas, de Juvenil Tomás

Convites_OsDiamantesAzuis-Ivolume (1).jpg

O escritor, poeta sindicalizado (matrícula 120) e diretor de Projetos e Captação de nossa entidade, Juvenil Tomás, lançará no sábado (28/11), às 19h, no Carpe Diem Restaurante (SCLS 104), o livro Os Diamantes Azuis – Luzes e Bolhas (Chiado Editora).
A nova Saga do Diamantes Azuis 
A ficção do escritor brasiliense, Juvenil Tomás, é tão rica que classificá-la em apenas um gênero literário seria um despropósito. Imagine, em uma única obra experimentar o sabor de fantasia, história, ciência, espiritualidade, política, psicologia e aventura, conseguiu? Tudo isso, em uma narrativa bem construída e delineada. O que não faltam são motivos para ler o novo título série ¨Os Diamantes Azuis – Luzes e Bolhas¨.
A obra
Os quatro personagens principais (Clotildes, Lau, Isabela e Tobias), que compõem os Diamantes Azuis são almas desencarnadas ou seres de luz, que vivem no Planeta Luz. Nesta edição, dividida em quatro episódios, eles voltam em espírito para solucionar três grandes missões no mundo terreno e uma última, apocalíptica, no mundo espiritual.
O primeiro episódio, intitulado Luzes e Bolhas, se passa no Haiti pós-guerra. Onde a sociedade está presa a uma grande bolha (que foi gerada pela a união de todas as dores humanas, sentimentos individuais e coletivos), a missão dos Diamantes Azuis é libertar a sociedade deste mal.
Em seguida, em Desvios Humanos, eles lutam contra a corrupção política brasileira. Salomão, um personagem humano, que sem saber recebe instruções dos Diamantes Azuis (indicações que para ele parecem apenas intuições, fruto da meditação) é designado a desenvolver um grande plano. Mas a corrupção dos humanos envolvidos no processo atrapalham o projeto de desenvolvimento da agricultura familiar no Nordeste brasileiro, que iria mudar a realidade alimentar e econômica de todo o país.
Mutilado é o terceiro episódio e dessa vez os Diamantes Azuis tem que libertar almas penadas marxistas torturadas, que estão vagando no Centro-Oeste do Brasil, desde a guerrilha do Araguaia (GO). Sem saber que morreram, por não acreditarem que havia vida espiritual após a morte, o estado de sofrimento profundo deles estão afetando energeticamente a região. E por meio de diálogos inusitados, os Diamantes Azuis devem dar à eles consciência da morte e libertá-los.
O último e mais intenso, Teotihuacan, é uma batalha contra uma artimanha do Principe da Caligastia, ou do próprio Diabo para os íntimos, que encontra uma brecha na lei de Jesus Cristo e tenta cooptar as almas da civilização pré-colombiana, que viveram em Teotihuacan, no México. Após a vinda de Cristo ficou acordado que Lúcifer não poderia fazer nenhuma ação direta de doutrinação humana, mas como a civilização de Teotihuancan morreu achando eram deuses, a alma deles não seriam, em tese, de humanos e com esse argumento o líder das forças do malignas tenta cooptar essas para seu lado.
A Saga – Os Diamantes Azuis
Antes de Luzes e Bolhas, outros dois livros iniciaram a saga Os Diamantes Azuis, Planeta Luz foi o primeiro e conta o início da história dos personagens com a chegada deles neste planeta, até se encontrarem e serem proclamados os Diamantes Azuis, já no primeiro livro tiveram pela frente a Missão Gaya.
 
O Resgate, foi o subtítulo do segundo livro que tem como foco o resgate de um planeta habitado por escuridão. Apesar de ser uma sequencia não há necessidade da leitura dos volumes anteriores para viajar na história do novo livro. Para o autor, ¨a saga é mais do que uma obra de ficção, ela trata da realidade e dilemas humanos de forma inusitada. E pode ajudar a responder grandes questões filosóficas e espirituais¨, disse Juvenil Tomás.
O Autor
Com cinco obras publicadas, Juvenil Tomás, ainda quer ir mais longe. ¨Já iniciei a escrever a quarta e a quinta saga dos Diamantes Azuis¨, revela. Nascido em Minas, o escritor veio para Brasília em 1972, ele é funcionário dos Correios, formado em Administração e especializado em Marketing. E encara o lançamento de Luzes e Bolhas como um presente de aniversário dos 60 anos que completa agora em novembro. Sua história com a literatura começa com a morte da mãe em 1995, onde ele pensou que não era justo a vida acabar com a morte física, a ida da sobrinha Isabela anos depois, também inspirou um dos personagens da saga, depois disso, ele começou a escrever até lançar o primeiro livro em 2012.
Serviço
Título: Os Diamantes Azuis – Luzes e Bolhas (Chiado Editora)
Data: sábado, 28/11
Hora: 19h
Local: Carpie Diem (104 Sul)
Para comprar o livro:
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s