LANÇAMENTO DO LIVRO Mosaicos (Penalux) de Glauber Vieira Ferreira, quarta-feira (17/02), 18h30, Martinica Café (303 Norte)

CAPA MOSAICOS

 

Na quarta-feira (17/02), a partir das 18h30, o Martinica Café (303 Norte-Bloco A- Brasília), receberá o lançamento do livro Mosaicos (Penalux editora), do escritor sindicalizado Glauber Vieira Ferreira (matrícula sindical 107).

“Mosaicos” é o primeiro livro solo de Glauber Vieira Ferreira, um mineiro radicado em Brasília desde a infância, formado em Psicologia e atuante hoje na Polícia Civil do DF, onde trabalha na custódia de presos.

 

Foto Penalux.jpg

 Essa amplitude de vivências é percebida como uma vantagem para o autor, por fazê-lo entrar em contato com variados pontos de vista e ideias para personagens os mais diversos.
Mosaicos faz parte do Selo Microlux, sob responsabilidade da Editora Penalux, sediada em Guaratinguetá (SP) e é formado por 93 minicontos com os mais variados temas: circo, relações sociais, terceira idade, natureza, guerra, suicídio. Os pequenos textos oscilam entre o humor e a seriedade.
A orelha foi cortesia de Deliane Leite, escritora radicada em Brasília e Mestre em Letras, Literatura e Crítica Literária pela PUC-GO, atuante no ensino da Língua Portuguesa em escolas do DF.
O autor tem participado, com poesia e conto, de outras antologias literárias no Brasil, e também vê seus textos sendo publicados nos mais variados suportes. Em 2010, foi o vencedor, na categoria de contistas não-residentes, de um concurso literário promovido pela Prefeitura de Barueri (SP). Em 2015, foi selecionado com duas poesias nos concursos Poesia nos Ônibus, organizados pelas prefeituras gaúchas de Santa Rosa e Gravataí; assim, dois de seus textos serviram de companhia para os usuários do sistema de transporte dessas cidades. Ainda em 2015, teve outra poesia selecionada, dessa vez no concurso Pão e Poesia, organizado pela prefeitura de Blumenau (SC).
O autor participou também de duas antologias estrangeiras: Chamote, organizada pela Punto de Encuentro Editorial (Argentina) e Grenzelos, da Arara Verlag (Alemanha), ambas de 2015. A primeira reúne poesias de 95 autores latino-americanos; a segunda reúne contistas brasileiros, que tiveram seus textos traduzidos para o alemão.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s