De graça- Aula espetáculo ” Descobrindo e adaptando o texto” com Jorge Crespo – quarta-feira (24/05), às 20h

jorge (1)

Aula espetáculo ” Descobrindo  e adaptando o  texto” com Jorge Crespo
Palestra animada sobre aspectos relacionados a adaptação de texto literário para montagem de espetáculo teatral com bonecos, na quarta-feira (24/05), às 20h

Aula espetáculo ” Descobrindo  e adaptando o  texto” – Palestra animada sobre aspectos relacionados a adaptação de texto literário para montagem de espetáculo teatral com bonecos com Jorge Crespo será realizada na quarta-feira (24/05), às 20h,no Teatro Brasília Shopping. A iniciativa foi  proposta pelo Sindicato dos Escritores do DF e ofertada gratuitamente e aberta ao público em geral, graças a parceria com o  ator, pedagogo e bonequeiro Jorge Crespo. O Brasília Shopping é apoiador do evento. A Aula espetáculo aborda a transição de textos literários para o teatro e terá como objeto-exemplo uma apresentação baseada em conto de Mia Couto. 

História do boi e da lua
Jorge Crespo  utilizará o boneco “Zé Canhoto”, de sua criação, que interage com o público e conta histórias adaptadas da literatura brasileira e universal, ilustradas com o uso de diferentes técnicas do teatro de animação. Zé Canhoto nos conta, a “História do Boi e da Lua”, adaptação livre de um conto popular moçambicano, “O Boi e a Garça” recolhido e publicado pelo escritor Mia Couto, em Noite Sonâmbula.
Jorge Crespo

Jorge Crespo é carioca  de Vila Isabel e está radicado em Brasília. Dedica-se à prática da confecção e animação de objetos de espuma há mais de vinte anos, no teatro, na TV, no cinema, em shows musicais e eventos de Arte-Educação. Desenvolveu seu trabalho na TV em programas como Clube da Criança com Xuxa e Canta Conto com Bia Bedran. Participou da Bienal do Livro do Rio com o boneco João do Rio. Dirigiu vários shows musicais de artistas como Clementina de Jesus, Lenine, Aniceto, Abel Ferreira. Jorge Crespo, em 1988, introduziu alegorias de espuma nos desfiles de carnaval, tendo coordenado os serviços nas escolas São Clemente, Mangueira, Beija-Flor, entre outras. Como ator trabalhou em inúmeras peças teatrais, atuou nos filmes Memórias do Cárcere, de Nélson Pereira dos Santos, O Segredo de Robin Hood, com Xuxa e os Trapalhões, Carlota Joaquina de Carla Camurati e na novela Kananga do Japão, sucesso da TV Manchete. Em Brasília, confecciona bonecos em um ateliê no mezanino da casa que alugou no Guará.

Sindicato dos Escritores do DF (Sindescritores)
Primeira entidade sindical de Escritores do Brasil, o Sindicato dos Escritores do Distrito Federal (Sindescritores) teve início em 1977 e registro definitivo em janeiro de 1979, tendo 06 de fevereiro de 1979, como data oficial de fundação . Originou-se da Associação Profissional dos Escritores do Distrito Federal, criada por Alan Viggiano e outros 57 escritores de Brasília. Teve como primeiro presidente o escritor e advogado Antônio Carlos Osório, Presidente da Academia Brasiliense de Letras. É uma entidade sindical do 12º grau representativa da correspondente categoria profissional liberal compreendida no 132º grupo do plano da Confederação Nacional das Profissões Liberais, na base territorial do Distrito Federal, com sede em Brasília, homologados os Estatutos Sociais. Site: https://sindescritores.com/

Informações:
Marcos Linhares – 99905 -5905 – sindicatoescritoresdf@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s