Manifesto contra o desmonte em curso da área do livro, da leitura e bibliotecas, e consequentemente, do possível fechamento/desvirtuamento da Biblioteca Nacional de Brasília com o uso de espaço (já em curso) para receber espaços administrativos do DF. Tudo, de certa forma, evidenciado ainda mais com a exoneração da diretora da Biblioteca Nacional e do  Subsecretário do Patrimônio Cultural (SUPAC) da Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa do DF (SECEC)

Captura de Tela 2019-11-12 às 14.05.24

Manifesto contra o desmonte em curso da área do livro, da leitura e bibliotecas, e consequentemente, do possível fechamento/desvirtuamento da Biblioteca Nacional de Brasília com o uso de espaço (já em curso) para receber espaços administrativos do DF. Tudo, de certa forma, evidenciado ainda mais com a exoneração da diretora da Biblioteca Nacional e do  Subsecretário do Patrimônio Cultural (SUPAC) da Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa do DF (SECEC)

 

Qual a importância do livro, da leitura e das bibliotecas em nossas vidas? E para o Distrito Federal, que deveria (pelo menos em tese) servir de modelo às outras unidades da federação? Num momento crítico em que proliferam os analfabetos funcionais (os que não consegue decodificar o que leem) e, ainda, no qual somos submetidos diariamente a um enxame de versões dos fatos causadas pelas ditas “fake news”, que levam a terríveis consequências, como por exemplo, os baixos índices de vacinação no país e no DF, temos visto com crescente temor o desmonte em curso da área do livro, da leitura e bibliotecas, e consequentemente, do possível fechamento/desvirtuamento da Biblioteca Nacional de Brasília com o uso de espaço (já em curso) para receber espaços administrativos do DF.

 

Temos tentado, sem êxito,  obter respostas de Adão Cândido, que está Secretário de Estado de Cultura do Distrito Federal (cargo de confiança). Com a exoneração publicada no Diário Oficial do Distrito Federal, na sexta-feira passada (08/11), do então Subsecretário do Patrimônio Cultural, Cristian Brayner, e da então diretora da Biblioteca Nacional de Brasília, Marmenha do Rosário, algumas possíveis respostas podem ter começado a vir à tona.

 

O Governo do Distrito Federal (GDF) deu as costas à área do Livro, da Leitura e Bibliotecas. Esse abandono vem sendo feito governo após governo e, no atual, achou alguém aparentemente contrário à área. Pelo menos é que nos levam a crer a ações tomadas e não tomadas até aqui (falo em prioridades) pelo atual ocupante da pasta.

 

Há um dizer jornalístico que postula: uma série de coincidências começa a virar evidência…

 

Vamos aos fatos e a necessárias perguntas (perguntar ofende?):

12-11- Manifesto contra o desmonte da área do livro

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s