Vencedores do 3º Desafio Literário do Sindescritores

Desafio Literário número 3

Parabenizamos Jéssica Rodrigues Lima que ganhou o vale-compras de livros de R$ 100,00, que já poderá ser retirado e usado hoje da Livraria Leitura Pátio Brasil. Laura Holanda Rossi, Alice Holanda e Luciana H. C. Ferreira receberão, cada uma, um livro de autor brasiliense.

Respostas: 1-D) Lair Franca; 2- B) Cleide Soares;

3- D) Ildefonso de Sambaíba;4- C) Vânia Diniz;

5- D) Zezé Maku; 6- C) Lincon Lacerda

7) A) José Santiago Naud; 8) D) Ézio Pires – Cores da Solidão; 9) C) À noite sonhamos; 10) C) Paulo Souza ;11) A) Batom d’amor e morte

12) C) A Borboleta e a Menina – Alessandra Alexandria

Desafio Literário 3 – Prêmios – Vale-Livro de R$100,00 e Livros

A primeira pessoa que enviar as respostas corretas às questões abaixo ganhará um vale-compras da Livraria Leitura do Pátio Brasil Shopping (Brasília) no valor de R$ 100,00. A segunda, a terceira e a quarta pessoa que enviar as respostas corretas farão jus a um livro de autor brasiliense. Mande as respostas para: sindicatoescritoresdf@gmail.com até o meio dia (12h) deste sábado, 21 de agosto de 2021. O resultado será publicado na tarde do sábado. E então, bora?




1- É professora, escritora e contadora de histórias. Realiza, nas escolas públicas do DF, atendimentos individualizados a crianças com necessidades educacionais especiais. Nascida em Corrente (PI), boa parte das obras que publicou foi ilustrada por Silvana de Paula.
A) Lande Trindade
B) Gacy Simas
C) Débora Bianca
D) Lair Franca


2- Implantou mais de 10 mil bibliotecas comunitárias no Brasil, Timor Leste, Moçambique, Cuba e Titular do Conselho Regional de Cultura do Plano Piloto (2018/2019 e 2021/2024).
A) Gilbson Alencar
B) Cleide Soares
C) Antonio Navarro
D) Arádia Raymon


3) Integrou a delegação brasileira que participou do “V Festival de Poesía y Arte de La Habana” (Cuba). Esse autor tem como sobrenome artístico o nome de uma cidade de um estado do nordeste.
A) Alexandre Lobão
B) José Carlos Brito
C) Antonio Navarro
D) Ildefonso de Sambaíba


4) Seu avô, Raymundo de Monte Arraes era escritor e foi ele que a influenciou fortemente, tanto que é o patrono dela na vida literária…
A) Ozaina Barros
B) Margarida Patriota
C) Vânia Diniz
D) Ana Delicy


5)A Revista Superinteressante lançou o “Mapa Literário do Brasil”: um guia com os escritores que melhor representaram (e representam) cada um dos estados brasileiros. Qual autor representa Roraima:
A) Luiz Pieri
B)Glauber Vieira
C) José Wrigell
D) Zezé Maku


6) Artista multifacetado (fotógrafo, quadrinista, pedagogo, músico), esse autor lançou “Sonetos pedagógicos”, “Poematemática”, “Cãodango e Cãolongo)”, entre tantos outros.
A) Alex Almeida
B) Carlos Rochedo (Julios d’Gales)
C) Lincon Lacerda
D) Anand Rao


7) Além da UnB, esse escritor também foi fundador do Instituto Histórico e Geográfico do Distrito Federal e ajudou a iniciar a Associação Nacional de Escritores (ANE). Lecionou nas universidades YALE e UCLA (EUA). Publicou 21 livros, entre eles Pedra azteca (1985), Memórias de signos (1993) e Antologia Pessoal (2001). Também foi amigo de Carlos Drummond de Andrade e Ángel Crespo.
A) José Santiago Naud
B) Antonio Miranda
C) José Ferreira
D) Joanyr de Oliveira


8) Reside em Brasília desde 1960. Poeta, ficcionista, teatrólogo, crítico, jornalista, membro e fundador de diversas entidades culturais de Brasília. Trabalhou no Diário e Emissoras Associados, sendo por muitos anos jornalista do Correio Braziliense, onde foi um dos mais aguerridos divulgadores da emergente literatura de Brasília. É um dos fundadores do Sindicato de Escritores do Distrito Federal. Qual o nome dele e do poema abaixo?


“só falo
sonâmbulo
o que acordado me calo
mas me ofereço
paisagem
de carne e osso
nos balanços de seios
na beira do rio
na beira do corpo…
nas viagens
das virgens
(babilônicas)
fui feito urgente
de desejo insatisfeito
fiquei sem caminhos
(sem rios)
para chegar ao mar

me sonho boi
para mastigar cores
da solidão…”


A) Ézio Peres – Flores da Solidão
B) Ézio Pires – Flores da Solidão
C) Ézio Peres – Cores da Solidão
D) Ézio Pires – Cores da Solidão


9) Esse livro de Elias Daher nos brinda com poemas dedicados ao cinema, e inspirado em um drama biográfico, de 1945, dirigido por Charles Vidor para a Columbia Pictures, com roteiro de Sidney Buchman baseado numa história de Ernst Marischka que conta a vida do pianista e compositor polonês Frédéric Chopin.
A) Entre a percepção e a realidade
B) Complexo de Golgi
C) À noite sonhamos
D) Ponto de Inflexão


10) Idealizador dos projetos Literatura por Mulheres, ELIFANT – Encontro de Literatura Fantástica do Cerrado, Brasília que Escrevo e mediador dos bate-papos Arte da Palavra e Vitrine Literária, esse autor e produtor cultural, é autor de “Clarice, a última Araújo” .
A) Salomão Souza
B) Murilo Homem
C) Paulo Souza
D) Glauber Vieira


11) Esse livro de poemas de Jorge Amâncio, publicado em 2017, é todo dedicado à boemia brasiliense da década de 1980. Amâncio é carioca, nasceu em 1953 e reside em Brasília desde 1976. Licenciado em Física pela Universidade de Brasília, professor da Fundação Educacional do Distrito Federal, participante e ativista de movimentos sociais de luta contra o preconceito racial. Começou a publicar seus textos poéticos no jornal Raça do M.N.U. (Movimento Negro Unificado), no início dos anos 80.
A) Batom d’amor e morte
B) Negrojorgen
C)Nós outrxs
D) Para outro eu maldito ainda sóbrio


12) “A história gira em torno de uma menina com deficiência física, que tem muitos sonhos e gostaria de ser uma borboleta para conhecer vários lugares. E a borboleta cansada de só voar queria muito ser estudante para aprender a ler e a escrever, ter a liberdade de brincar.” Falamos de que obra e de qual autora?
A) O Segredo de Nanda – Fernanda de Oliveira
B) A menina cata-vento – Débora Bianca
C) A Borboleta e a Menina – Alessandra Alexandria
D) A festa das borboletas – Ironita Mota


*Quem for de fora do DF receberá livros de autores brasilienses pelo Correio.

Convênio com a Cardiofitness!

Brasília, 19 de agosto de 2021

Comunicado Geral 04/2021

Assunto: Sindescritores anistia inadimplentes de 2020 – O Sindicato reforça que esse benefício é apenas para aqueles que tiveram problemas financeiros no ano passado

Comunicamos que está em vigor o convênio com a Cardiofitness, com os seguintes benefícios aos filiados do Sindicato dos Escritores do DF: 20% de desconto em todos os exames e consultas realizados na clínica. O convênio tem validade por cinco anos, ou seja, vai até 02 de agosto de 2026.

Exames: Biopedância, Avaliação da Composição Corporal por DXA (exame de densitometria de corpo inteiro) , Ultrassom ou ecografia do abdome total, Ecografia de mamas (ultrassonografia), Ecografia dos Membros inferiores, Ecografia Transvaginal, Ecografia do Aparelho Urinário (ecografia renal e das vias urinárias e ecografia renal e supra renal), Ecografia de Próstata, Ecografia Pélvica Abdominal ( pode ser realizada por via supra pública -nos homens- e via transvaginal nas mulheres), Ecografia da Tireóide, Ecocardiograma, Holter, Mapa e Teste Ergométrico. 

Consultas nas seguintes especialidades/áreas médicas: Cardiologia, Clínica Geral, Angiologia, Ginecologia, Urologia, Odontologia, Psicologia, Nutrição e Risco Cirúrgico.

Fundada em Brasília há mais de 20 anos, a Cardiofitness vem desenvolvendo um trabalho pioneiro e inovador nas áreas de prevenção e tratamento das doenças cardiovasculares. Isso porque os departamentos de medicina preventiva e medicina curativa trabalham de maneira integrada, oferecendo ao paciente os métodos preventivos mais avançados bem como os métodos de diagnóstico precoce mais modernos do mercado. A CardioFitness é uma clínica particular completa, com equipamentos de última geração, onde você se consulta, faz seus exames e ainda se sente bem cuidado. Parte do grupo Multiclínicas, que há mais de 20 anos cuida da saúde do brasiliense com carinho, atenção e muito cuidado, a clínica possui tudo que você precisa em um único lugar, com preço justo, qualidade impecável e décadas de experiência.

A marcação pode ser online pelo site: www.cardiofitness.com.br ou ainda pelos telefones : (061) 3340-1400 ou (61) 98404-8002

ENDEREÇO STN Bloco O Ed. Life Center Salas 136 a 145, Asa Norte, Brasília/DF

Agradecemos à nossa escritora sindicalizada e proprietária da Cardiofitness, Dra. Marisa Carla Queiroz Alves da Cunha pela parceria e parabenizamos pela trajetória bem sucedida da clínica.

Brasília, 19 de agosto de 2021.

Sindescritores anistia inadimplentes de 2020

Brasília, 07 de julho de 2021

Comunicado Geral 03/2021

Assunto: Sindescritores anistia inadimplentes de 2020 – O Sindicato reforça que esse benefício é apenas para aqueles que tiveram problemas financeiros no ano passado

O Sindicato dos Escritores do Distrito Federal (Sindescritores) anistiou aqueles que não pagaram a anuidade de 2020 em decorrência de dificuldades financeiras devido à pandemia da Covid-19. 

A decisão da Diretoria aconteceu depois de detida deliberação. Portanto, para ficar em dia com o Sindescritores, basta realizar o pagamento da anuidade relativa a 2021.

O Sindescritores reforça que esse benefício é apenas para aqueles que perderam o emprego e/ou tiveram a renda diminuída no ano passado em virtude da pandemia. No entanto, o pagamento referente a 2021 deve ser realizado. 

O Sindicato entende que o momento é difícil e agradece àqueles que honraram com a anuidade de 2020. O Sindescritores solicita que os sindicalizados, que não tiveram problemas financeiros no ano passado, procurem o diretor financeiro, Paulo Souza (61-9 8208-1767), para quitar os débitos.

Confira o valor e as formas de pagamento abaixo:
– Pagamento anual (2021): R$ 250,00 até 30 de julho, prazo especial devido à pandemia;
– Pagamento semestral (2021): duas parcelas de R$ 140,00, sendo a primeira com vencimento em 30 de julho; e a segunda a ser paga em 30 de setembro. 
– Pagamento mensal: o sindicalizado deverá entrar em contato com o diretor financeiro do Sindicato, Paulo Souza, para acerto dos meses que já passaram e os próximos com valor de R$ 30,00.


Banco BRB: 201 (agência) 035998-9 (conta) ou Chave PIX (nosso e-mail é a chave): sindicatoescritoresdf@gmail.com

Favor enviar o comprovante para o e-mail do Sindicato ou para o “whatsapp” do diretor financeiro.
Estamos a trabalhar. 

Saudações literárias do,

MARCOS LINHARES
PRESIDENTE
Sindicato dos Escritores do Distrito Federal
Tels.:  55 (61) 3032-9342 | 99905-5905sindicatoescritoresdf@gmail.com
SHCS SETOR DE HABITAÇÕES COLETIVAS SUL CR COMÉRCIO RESIDENCIAL QUADRA 502 BLOCO C LOJA 37 – Smart Office70330-530 Brasília – DF

Nova Sindicalizada- Selma G. Santana

Brasília, 16 de abril de 2021

Comunicado Geral 02/2021Assunto: Nova Sindicalizada- Selma G. Santana

Informamos a todos que a escritora Selma. G. Santana agora integra os nosso quadro de sindicalizados, sob o número 267.

Autora de “O Mundo de Best e o Desejo da Pedra”, Selma G. Santana é brasiliense e libriana. Selma por Selma”

“Meus pais, João Gomes Santana e Eva Oliveira de Barros Santana, saíram do interior de Minas Gerais para desbravar o cerrado do Centro-oeste, onde seria levantada a capital do Brasil. Meu pai, como muitos jovens daquela época, em sua inocência, se orgulhava de participar da realização desse sonho.

Eram dois jovens enfrentando as dificuldades daquela época, com poucos recursos, mas, com muita vontade de mudança. Conseguiram, então, conquistar o espaço que lhes era reservado, fazendo de Planaltina/DF sua base, seu porto seguro. Nasci da união desse casal espetacular, que, mesmo com limitações financeiras e de conhecimentos, não mediram esforços para dar a mim e aos meus irmãos, uma vida digna.”

Bem- vinda, querida colega! 

Estamos a trabalhar.Saudações literárias do,
MARCOS LINHARES
PRESIDENTE
Sindicato dos Escritores do Distrito Federal
Tels.:  55 (61) 3032-9342 | 99905-5905sindicatoescritoresdf@gmail.com
SHCS SETOR DE HABITAÇÕES COLETIVAS SUL CR COMÉRCIO RESIDENCIAL QUADRA 502 BLOCO C LOJA 37 – Smart Office 70330-530 Brasília – DF

Nomes dos(as) ganhadores(as) do Prêmio Alan Viggiano – Poesia

Resultado final – Poesia – Prêmio Alan Viggiano de Literatura

Nome do autor + Pseudônimo + nome do texto

1º lugar – R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais) + Certificado+ cota de livros de autores do DF + participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

Ildefonso Pereira de Souza (Ildefonso de Sambaíba) – Guaranoá – Grito Infinito

2º lugar – R$ 2.000,00 (dois mil reais) + Certificado+ cota de livros de autores do DF + participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura+cupom

Paulo Henrique Costa Longuinho – Zé do Maracatu – Cerrado de sopros

3º lugar – R$ 1.000,00 ( mil reais) + Certificado+ cota de livros de autores do DF +  participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

Átila Rua – João das Cartas – “Esperança, espere em paz”

4º lugar – mentoria (on-line) e bolsa de criação literária no valor de 500,00 (quinhentos reais)+  Certificado, participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

Silvio Vinhal da Silva Visconde de Sabugosa – Narizinho Arrebitado (Resiliência) 

5º  lugar – Menção Honrosa + um livro de autor brasiliense + Participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

Luiz Philippe Vieira de Mello Neto –  Ulisses de Alencar –  Plano de voo

6º lugar – Menção Honrosa + um livro de autor brasiliense + Participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

Alexandre Andrade da Silva Machado – Augusto Café – “Morte e vida juscelina”

7º lugar – Menção Honrosa + um livro de autor brasiliense + Participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

Daniella Ribeiro de Sousa Longuinho – Dê – Nascedouro

lugar – Menção Honrosa + um livro de autor brasiliense + Participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

Luiz Antônio Correia de Medeiros Gusmão – Laís Lopes – Venturis ventis

9º lugar – Menção Honrosa + um livro de autor brasiliense + Participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

Célia Maria Holanda Cavalcante Rossi – Clarisse Negreiros – O Verbo Agir

10º lugar – Menção Honrosa + um livro de autor brasiliense + Participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

Luiz Felipe Vitelli Peixoto – Fariseu Cabuloso – Se Senta Braz-Ilha

11º ao 20º lugar – Certificado+ um livro de autor brasiliense + Participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

Jorge Alexandre de Sousa Machado – Vitório Deodato – Morada da fé

Walmor Fernando Costa Parente – Mr. Mojo Risin – Poeira ao Vento ou Sonho Verdejante 

Maurício Witczak Santino – “Dona Esperança”

Antonio da Costa Neto – Encantador de Brasília – JK: Me Chamo Brasília

Thiago Almeida Boaventura – Santiago d’Eríneas  – O Baile

Vinicius de Borba Alves Ehlers – Mágico de Oroz – Quem nunca?

Dulce Maria Baptista – Delvina Carajás – Utopia

Carlos Mauro da Rocha – Vertigo – Superfícies Verticais

Regina Célia Melo – Janeleira-  A Flor

Pietro Lemos Costa – CAPITALinicial- Ora e Labora

Ganhadores do Prêmio Alan Viggiano – Contos

Resultado final – Contos – Prêmio Alan Viggiano de Literatura

Nome do autor + Pseudônimo + nome do texto (conto)

1º lugar – R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais) + Certificado+ cota de livros de autores do DF + participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

Alexandre Santos Lobão –  Jenesuis Personne  – Fim de quarentena

2º lugar – R$ 2.000,00 (dois mil reais) + Certificado+ cota de livros de autores do DF + participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura+cupom

Diogo José Sousa da Silva – Paogo – Em Brasília, 19 horas

3º lugar – R$ 1.000,00 ( mil reais) + Certificado+ cota de livros de autores do DF +  participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

Rafael de Castro Ballarin – Bernardo do Canto Leite – Azul-brasília

4º lugar – mentoria (on-line) e bolsa de criação literária no valor de 500,00 (quinhentos reais)+  Certificado, participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

Jucelino de Sales – Dédalo  – O tecido invisível da construção

5º  lugar – Menção Honrosa + um livro de autor brasiliense + Participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

José Afonso Gonçalves Braga – Felismino Gonçalves – Cidade da Esperança

6º lugar – Menção Honrosa + um livro de autor brasiliense + Participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

Letícia Duarte Alves – Joana Santana – Olhos negros

7º lugar – Menção Honrosa + um livro de autor brasiliense + Participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

 Sarah Schmorantz Maldonado de Carvalho – Annabella Runtrel – Afrodite

8º lugar – Menção Honrosa + um livro de autor brasiliense + Participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

José Carlos Pereira Peliano – Fuzuê – O lago que para no ar

9º lugar – Menção Honrosa + um livro de autor brasiliense + Participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

Lorena Silva de Moura – Maria Quitéria –  Brasília

10º lugar – Menção Honrosa + um livro de autor brasiliense + Participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

Mariana Lopes Vieira – Lola Luppe – O Lago que era o mar

11º ao 20º lugar – Certificado+ um livro de autor brasiliense + Participação na edição digital da Coletânea do Prêmio Alan Viggiano de Literatura + cupom

Regina Celia Melo – Janeleira –  Um galinho na W3 Sul

Maria Clara Braga Machado Campello – V.W – Esperança

Tiago Martins Koeler – Pierre Lepallo – Alvorecer da Esperança

Dioclécio Ferreira da Luz – Carybé – Isquemia intraventricular periférica 

José Roberto da Silva – – ZÉDUARDO – “Caró Carolaine

Karin Andressa Lisboa Nunes  – Lola Betsy – A Partida

Ana Luisa Nepomuceno Silva –  Cavaleiro de Copas – Visagem

Nyohanndro Christian Braga da Costa – Ariel Meirelles Dias – O apartamento 202

Patricia Andrea Osandon Albarran – Pleturian – A alma da mulher

Tércio Ribas Torres – Luz Vermelha – A Varanda da Esperança

Conheça os finalistas do Prêmio Alan Viggiano de Literatura – Conto e Poesia

Informamos que os jurados das duas Comissões, da Conto e da Poesia, já entregaram as fichas de avaliação, e o Sindescritores e o Instituto Fazer o Bem já estão com o resultado final que será divulgado nesta segunda, 12 de abril de 2021.

Como as notas não podem mais ser alteradas, divulgamos a lista dos jurados e dos finalistas para que os candidatos possam comemorar em suas redes sociais (sem o risco de serem desclassificados), e assim ter um excelente final de semana.

Os 20 ganhadores serão conhecidos nesta segunda-feira, dia 12 de abril, mas todos os 30 finalistas já merecem os nossos parabéns pois passaram por uma seleção muito criteriosa. A todos os (as) jurados(as), os nossos agradecimentos pelo belo trabalho desenvolvido!

Jurados de Contos (3 da 1ª Comissão + 3 da 2ª Comissão), em ordem alfabética:

Astrogildo Miag, Cácia Leal, Maurício Gomyde, Paulo Souza, Raul Larrosa e Rodrigo Duhau

Jurados de Poesia (3 da 1ª Comissão + 3 da 2ª Comissão), em ordem alfabética

Augusto Niemar, Gacy Simas, Gilbson Alencar, Maílson Furtado, Tagore Alegria, Vanderlei Lourenço

Finalistas:

Desclassificação de finalista do Prêmio Alan Viggiano de Literatura – Conto e Poesia

O autor sob pseudônimo “Zéduardo” apresentou material que, apesar de autoria própria, fere as regras previstas no item 2 do Edital do Prêmio Alan Viggiano de Literatura acerca do ineditismo do texto inscrito: “O tema é Brasília: aqui vive a Esperança e serão aceitos textos escritos em língua portuguesa, que deverão ser inéditos em qualquer meio (impresso ou eletrônico), nas categorias CONTO e POESIA. Não serão aceitos textos infantojuvenis. Entende-se por inédito, para fins deste Prêmio, o original não publicado (parcialmente ou em sua totalidade) em antologias, coletâneas, suplementos literários, jornais, revistas, sites, blogs ou qualquer outra publicação.”

Em razão disso, o SINDESCRITORES e o Instituto Fazer o Bem tornam pública sua DESCLASSIFICAÇÃO da categoria POESIA e o chamamento do próximo da lista para compor os 30(trinta) classificados, conforme previsto no item 15 do edital: “No caso de constatação da falta de ineditismo do texto, plágio total ou de parte do texto, a obra será eliminada do concurso. No caso de tal constatação só vir a ocorrer depois do julgamento, sendo a obra vencedora, haverá a suspensão do prêmio ou devolução imediata da premiação caso esta já tenha sido concedida, passando à categoria de vencedor o texto que lhe suceda na contagem de pontos.”

Brasília, 08 de abril de 2021

Sindicato dos Escritores do DF

Instituto Fazer o Bem