Nesta quinta (26/03)- Histórias em casa- Sindescritores – Todas as quintas-feiras às 13h30

sindicato_escritores_projetoHistórias em casa
Tendo início nesta quinta (26/03), todas as quintas-feiras às 13h30, escritores infantis do Sindescritores-DF contarão histórias online para alegrar os pequenos de todas as idades

Os escritores infantis do Sindicato dos Escritores do Distrito Federal (Sindescritores) usarão as redes sociais para encantar (Facebook e Instagram) os pequenos de 8 a 80 anos com a programação HISTÓRIAS EM CASA! Até o dia 7 de maio, todas as quintas-feiras, a partir de 26/03, às 13h30, quem se interessar tem um encontro marcado para ouvir histórias e entrar no mundo da fantasia… Ah, e você pode interagir com ele e perguntar tudo o que quiser… Como: de onde veio a história? Como foi feito o livro? O que inspira o escritor a escrever? E até pedir o seu livro autografado! Todas as perguntas serão respondidas diretamente para você nas redes sociais do Sindescritores

Cronograma


Débora Bianca- divulgação26 de março – 13h30
Débora Bianca
O fio da história de Venceslau
Venceslau é um menino adorável que adora brincar e ser feliz. Certo dia, acontece algo incrível. Ele sai a viajar num fio mágico e conhece várias cidades encantadoras. Ele sente um pouquinho de medo, mas logo se entrega à aventura da descoberta. Venha conhecer Venceslau e se encantar com essa maravilhosa viagem. Você é o convidado especial!

Gostaria de adquirir o livro autografado com todo carinho? É só pedir por meio do Whatsapp (61) 996918075 ou pelo facebook “Débora Bianca Filó Histórias”. Tem ainda o Instagram “Filó Histórias”. Débora ficará muito satisfeita com seu contato.

João Vieira - Divulgação
02 de Abril – 13h30
João Vieira
No lugar do Outro

Você já imaginou como seria viver no lugar de outras pessoa ? Sabia que quando nos colocamos no lugar do outro, aprendemos mais o sentido da palavra respeito ? Ficou curioso? Assista a contação de história “No Lugar do Outro” e descubra como podemos fazer isso.

Você pode adquirir o livro autografado rapidinho na sua casa pelo telefone (61) 98482-7840. Além disso, pode pedir  por e-mail as imagens do livro em preto em branco, para colorir.

 
Gacy Simas - divulgação
09/Abril – 13h30
Gacy Simas
Dona aranha e a Fadinha

Imagine uma pequena aranha que queria ser um bicho que voa. Observaremos seu processo de autoaceitação e suas vantagens. Acompanhe a história Dona aranha e a Fadinha contada pela própria autora.
Poderemos enviar o livro Dona aranha e a Fadinha autografado! Digite “eu quero” e seu número de telefone que entraremos em contato ou ligue para 61- 98277-3117 e adquira o seu.
Verônica Vincenza- Divulgação
16/ Abril – 13h30
Verônica Vincenza
O chocalho de Carlinhos

Aprenda a fazer um chocalho com material reciclável que você tem aí na sua casa, acompanhe a história e suas brincadeiras musicais contada pela própria autora Verônica Vincenza.
Você também poderá ter o livro “O chocalho de Carlinhos” autografado aí na sua casa! Entre em contato pela página do facebook: historiasdaveronica ou ligue para 61-982155914 e peça o seu.

Pedro Ivo - Divulgação23/ abril   – 13h30
Pedro Ivo
O BOTO-COR-DE-ROSA na Amazônia – lenda

Em noites de lua cheia, ele aparece nas festas ribeirinhas doido para dançar e namorar.
Vem encantado num lido rapaz, vestido de branco. Então escolhe uma das moças e com ela fica a festa inteira, desencantando-se ao amanhecer, quando voltas às águas. Na Amazônia, todo filho de moça solteira, é filho do boto.  Para quem quiser falar depois com o autor, segue o contato dele:  62 98133 6433
Ironita Mota- divulgação
30/Abril
Ironita Motta
Os Coelhinhos Amigos

Em uma floresta viviam vários coelhinhos e coelhinhas de várias cores e separados, um dia eles foram se encontrando e se tornando bons amigos,sem se importar com a cor, e aquela floresta passou a viver em festa
Você também poderá ter o livro OS COELHINHOS AMIGOS autografado aí na sua casa! É só clicar no linkhttps://gaeb.loja2.com.br/7988018-Os-Coelhinhos-Amigos-portugues-e-espaanhol

Augusto Niemar - divulgação
07/maio
Augusto Niemar
Joãozinho e o pé-de-pequi

Descrição: aprenda a enfrentar desafios e a amar o Bioma Cerrado – com sua fauna e flora tão importantes!!!
As lições deixadas pelo verdadeiro Joãozinho apontam para a ecologia e o amor pela natureza como as melhores soluções para os problemas atuais. Ao enfrentar o gigante, o escritor, o Joãozinho e a criança-leitora, superarão qualquer desafio!!!
E veja que incrível: você poderá ter o livro Joãozinho e o pé-de-pequi autografado na sua casa!! Aos interessados no livro homônimo autografado pelo autor da história contada , entre em contato pelo telefone/whatsapp (61) 981218480 ou pelo Facebook do escritor “Augusto Rodrigues Niemar”
As ações serão realizadas nos endereços:

Outras informações: (61) 99905-5905

Abrindo o ano, Sindescritores realiza o evento “Histórias na Biblioteca Nacional”

Histórias na Biblioteca- Especial FériasNeste sábado (04/01), das 10h as 12h, na Biblioteca Nacional de Brasília(BNB), o Sindicato dos Escritores do Distrito Federal (Sindescritores) realizará seu primeiro evento deste ano de aniversário dos 60 anos de Brasília, pelo projeto Calendário Literário BNB (CALEL). “Histórias na Biblioteca – Especial de Férias” contará com contação de histórias e bate-papo com escritores para as crianças e um debate literário para outros públicos.

“Todo o primeiro sábado de cada mês, desde novembro do ano passado, o Sindescritores realiza – por meio de parceria com a Biblioteca Nacional de Brasília e a Secretaria de Cultura e Economia Criativa – eventos de formação de público leitor, no intuito de aproximar brasilienses e turistas que estiverem em Brasília de autores do DF. Isto integra a celebração de nosso 40 anos, iniciada no ano passado”, revela o presidente da entidade, Marcos Linhares.

Infantil
No espaço infantil da A escritora Débora Bianca apresentará seu livro “A Mala Mágica de Filó”. José Wrigell estará com as suas obras “Óculos do Papai” e “O Sumiço do Tatu”. Também uma oficina será ministrada por escritores convidados sobre imaginação e criatividade na criação de histórias.

Histórias na Biblioteca- Poesia para que?

 

Jovens e Adultos
Já o auditório da BNB, receberá os autores Gilbson Alencar, Verônica Vincenza e Augusto Niemar que debaterão “O que é e para que serve a poesia”.

 

 

 

 

 

Serviço:
Projeto CALEL BNB
Edição Janeiro 2020- Histórias na Biblioteca – Especial de Férias
Data: 4 de janeiro de 2020
Horário: das 10h às 12h
Local: Biblioteca Nacional de Brasília

Outras informações: 55 (61) 3031-6524 | 99905-5905 – sindicatoescritoresdf@gmail.com

Urgente- Sessões de autógrafos e lançamentos no estande do Sindescritores – Feira do Estudante do DF

WhatsApp Image 2019-11-27 at 11.29.46  Comunicado Geral 19/2019

Assunto: Sessões de autógrafos e lançamentos de livros  no   estande do Sindescritores – Feira do Estudante do DF

A 1ª Feira do Estudante do DF irá de quinta a domingo (28/11 a 1º/12), das 9h às 21h, no lounge do  Estádio Nacional Mané Garrincha

Poderão participar os sindicalizados (em dia com suas anuidades) que tiverem interesse. Para tanto, devem enviar os seguintes dados:

– Nome do livro

– Valor

– Data pretendida (dia e horário), mediante confirmação do agendamento.

– Fone de contato (whatsApp)

– Como em todos os outros eventos, pagamento de uma taxa para ajudar

nos custos operacionais do estande – R$ 50,00

O envio das informações deverá ser feito, o quanto antes, para o Whats App – (61) 98273-5856.

A Feira vai reunir representantes renomados das mais importantes áreas, além de diversas atrações artísticas. No evento será possível conversar com especialistas, compartilhar experiências relevantes para os futuros profissionais, conhecer propostas de ensino de diferentes instituições, participar de oficinas de leitura, tirar dúvidas sobre intercâmbio e até mesmo aprender sobre política e economia.
Também terá representantes de todos os níveis culturais o que irá garantir um amplo debate e uma troca de experiências muito rica. Também terão escritores e contadores de histórias que participarão ativamente da programação. Eles apresentarão a literatura como ferramenta de formação educacional.

O evento conta, também, com grandes parcerias, entre elas o Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do DF (Sinepe), que abrange atualmente mais de 450 escolas de todo o DF. Seu trabalho possui o objetivo de protagonizar os interesses das instituições nos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Outro grande parceiro da Feira é a Associação de Pais e Alunos do DF (Aspa), que entre suas atividades tem como objetivo diminuir desgastes de pais e alunos em diálogos com instituições e autoridades representando-os de maneira ética e transparente. Além deles, o Sindicato dos Escritores do DF, que em 2019 completou 40 anos.

Faremos um lindo evento!

 

ESTAMOS A TRABALHAR.

MARCOS LINHARES

PRESIDENTE
Sindicato dos Escritores do Distrito Federal
Tels.:  55 (61) 3031-6524 | 99905-5905
sindicatoescritoresdf@gmail.com
SCN Quadra 02 Bloco D Loja 310
1º Pavimento Shopping Liberty Mall – Asa Norte
CEP: 70712-904 – Brasília – DF

Simpósio “PENSARES NEGREIROS – VOCÊ TÊM CONSCIÊNCIA DE QUÊ?”  no Teatro dos Bancários

Pensares
Simpósio “PENSARES NEGREIROS – VOCÊ TÊM CONSCIÊNCIA DE QUÊ? ” no Teatro dos Bancários

Numa parceria inédita entre Sindicato dos Escritores do DF (Sindescritores), Sindicato dos Bancários do DF e Universidade de Brasília (UnB), será realizado nesta terça e quarta-feira (19 e 20/11),  no Teatro dos Bancários (EQS 314/15), o Simpósio PENSARES NEGREIROS – VOCÊ TÊM CONSCIÊNCIA DE QUÊ?  Entrada franca.

“Esse grande encontro de forças pensamentais propõe uma arena de debates
sobre as mais diversas discussões ligadas às questões raciais no Brasil. O
evento contará com palestras, debates, apresentações artísticas e culturais – celebrando e refletindo sobre o mês da Consciência Negra”, explica o diretor de Literatura Afro-brasileira do Sindescritores, Augusto Rodrigues Niemar.

O Simpósio reunirá ativistas, personalidades do movimento negro do DF,
militantes, professores, estudantes, escritores, artistas e todos aqueles
interessados na transformação pelo debate.

“O século XXI já não aceita mais conviver com navios negreiros. É tempo de pensares e sentires, libertares e seguires. Embora haja contradições, novembro é o mês“marco” da luta pela igualdade racial. Recordando Zumbi, um dos maiores líderes da resistência no período colonial, bem como todos aqueles que habitaram e lutaram por Palmares é que
esse encontro se realiza. Das Memórias de tantos outros, tais como Machado de
Assis e Lima Barreto é que nos colocamos a discutir o racismo, a discriminação,
a inserção do negro no mercado de trabalho e na Universidade pública – onde já
são maioria! Discutir essas questões é urgente, afinal o Brasil é o país com maior
população negra fora do Continente Africano”, reflete Augusto, que é professor Adjunto de Literatura Brasileira & Comparada (UnB) e também é estudioso e realiza trabalhos com a comunidade quilombola dos Kalungas desde 1999.

“É com grande alegria que o Sindicato dos Escritores, a Universidade de Brasília,
o Sindicato dos Bancários convidam a todas as Comunidades! Venham
compartilhar conosco esses pensares negreiros! Afinal, você, realmente, tem
consciência de quê no dia da consciência negra!?”, finaliza o professor.

Programação
Terça- 19 de novembro
14h – abertura
exposição Identidades Ameaçadas
Exposição fotográfica “Ancestralidade: retratos da África e do Brasil”, da
jornalista e fotógrafa Franca Vilarinho e da fotógrafa humanista Sonia Fattori
Marcos Fabrício
15h – Mesa com os escritores Marcos Fabrício, autor de Zumbi dos Ipês, e
augusto-niemar Augusto Rodrigues
coffee break
mario-theodoro
16h30- Palestra ‘Políticas Públicas e Desigualdades Raciais no Mercado de Trabalho’
com Mário Theodoro
kelly quirino
18h – Palestra sobre o genocídio da juventude negra e a mídia com Kelly Quirino

Quarta-feira – 20 de novembro
carli ayô
Graffitti com a artista plástica Carli Ayô (durante toda a programação)

15h – Exibição dos documentários “Quilombo – Quilombola”, de Franca Vilarinho, e
“Tijolos de Pó”, de Sonia Fattori
Nãnan Matos
16h30 – Apresentação da cantora Nãnan Matos
coffee break
guindart
19h – Apresentação do grupo Guind’Art 121
Grupo Guerreiros de Moçambique do Quilombo de Ambrósio
21h – Apresentação do Grupo Guerreiros de Moçambique do Quilombo de Ambrósio
Informações: (61) 98121-8480
Serviço:
O que:  Simpósio PENSARES NEGREIROS – VOCÊ TÊM CONSCIÊNCIA DE QUÊ?
Quando:  Terça e quarta-feira (19 e 20/11)
Onde:  No Teatro dos Bancários (EQS 314/15)
Quem: Sindicato dos Escritores do DF (Sindescritores), Sindicato dos Bancários do DF e Universidade de Brasília (UnB).

Sindescritores protocoliza proposta de Calendário de eventos à Biblioteca Nacional de Brasília

Calendário de eventos

Comunicado Geral 14/2019

Visando fortalecer as relações dos leitores do DF com seus autores e com as bibliotecas,  o Sindescritores, por meio do presidente e o diretor jurídico da entidade, Marcos Linhares e Judivan J. Vieira,  protocolizou e apresentou um CALENDÁRIO DE EVENTOS para a Biblioteca Nacional de Brasília (BNB), ao subsecretário do Patrimônio Cultural (Supac), Cristian Brayner, na tarde da segunda-feira (26/08).

O Calendário que ora se oferece poderá ser executado à partir de ACT – Acordo de Cooperação Técnica, nos termos da Lei nº 8.666/93 e, caso seja aceito, o  SINDESCRITORES-DF poderá receber da Secretaria de Cultura a minuta de ACT para exame ou elaborá-la e encaminhar para exame do órgão de assessoramento jurídico daquele órgão.

Estamos a trabalhar.

Calendário de eventos

 

Bem-sucedido o Sarau/ Lítero/Musical do Sindescritores na Embaixada da Bolívia

Comunicado Geral 13/2019

Na noite da segunda-feira (26/08), o Sindescritores realizou o marcante Sarau/ Lítero/Musical do Sindescritores na Embaixada da Bolívia.

A diretora de eventos, Meireluce Fernandes, foi a responsável por todas as tratativas que resultaram nesse evento exitoso,  que recebeu poetas, escritores e autoridades (embaixador de Cuba, embaixadora da Nicarágua, entre outros), além de jornalistas.

“Após a solenidade, durante o coquetel, o embaixador da Bolívia, José Kinn Franco, e a embaixatriz, Gilda Franco, relataram-me: ‘Estamos muito felizes, o público que veio ao sarau foi maravilhoso. O Sindescritores está de parabéns!”, revelou o vice-presidente da entidade, Gilbson Alencar.

Escritoras sindicalizados como Basilina Pereira e Kori Bolívia declamaram belos poemas. Meireluce Fernandes entregou uma homenagem à embaixatriz da Bolívia,  Gilda Franco. Além de tudo, o coral Alegria e o grupo de danças típicas bolivianas, trouxeram ainda mais alegria àquela noite festiva em que a literatura deu o tom.

Sindicalizada, radicada na França, Adriana Kortlandt lança nesta quarta (19/06),”O refúgio das Borboletas”

62520195_2467758213288406_6299787145632546816_o

“O refúgio das borboletas” traz reflexões necessárias

Na quarta (19/06),  a autora sindicalizada Adriana Kortlandt lança seu quinto livro convidando leitoras e leitores a uma reflexão sobre temas que nos tocam e nos chocam

Crônicas e artigos de opinião compõem as páginas de ” O refúgio das borboletas- Reflexões para Transformações” (Tagore Editora), quinto livro de Adriana Kortlandt que será lançado nesta quarta(19/06), a partir das 18h30, no Carpe Diem Restaurante (104 Sul).

A obra –  Há anos, Adriana Kortlandt publica crônicas e artigos de opinião em vários jornais do Brasil sobre assuntos variados, cujo intuito é convidar leitoras e leitores a uma reflexão sobre temas que nos tocam e nos chocam, que nos inspiram e nos movem a construção de uma vida melhor.  O viés de seu pensamento é o de uma psicóloga que encontra, a partir do mergulho no psiquismo humano, um baú de tesouros a serem descobertos, compreendidos e utilizados na ânsia das verdadeiras e mais profundas transformações do ser humano.

“Este livro apresenta uma delicada coletânea dentre essas publicações, pois a vida precisa de reflexões que levem a transformações” , diz Adriana Kortlandt.

novo menor Adriana 3A autora-  Radicada na França, Adriana Kortlandt é carioca de nascimento e brasiliense de coração já que nasceu no Rio de Janeiro em 1963 e, em 1970, chegou em Brasília e descobriu tesouros que marcaram a infância e até hoje são Importantes: céu estrelado, espaço e silêncio. Estudou alguns semestres de antropologia e se formou em psicologia. Anota sonhos há mais de três décadas, prática que a levou a imaginar histórias, escrever contos, memórias, crônicas e artigos. Já publicou: Almagesto – Contos anímicos; Fios da memória – Um guia para escrever de si; A casa da vida – baseado em uma história real (agraciado com o prêmio de melhor livro de não ficção no “International Latino Book Award”, EUA) e Sou confiável? Reflexões sobre a autocorrupção”.

SERVIÇO:

Adriana Kortlandt lança seu quinto livro, “O refúgio das borboletas- Reflexões para Transformações”

Data – Quarta, 19 de junho

Horário -Das 18h30 às 21h

Local –  Carpe Diem Restaurante – 104 s

Nesta terça (18/06), será lançado o Clube de Leitura Eneida de Moraes

clube

Nesta terça-feira, 18 de junho, cinco autores de obras literárias, alguns deles sindicalizados, participarão do lançamento do Clube de Leitura Eneida de Moraes, na Biblioteca Salomão Malina, localizada no Espaço Arildo Dória, no Conic, na área central de Brasília. Na ocasião, também será lançada a Roda de Leitura: as mil faces da literatura. O objetivo dos dois eventos é incentivar ainda mais a prática de leitura e discussões dos temas abordados nas obras. A entrada é gratuita.

Além disso, de acordo com o projeto da biblioteca pública, o clube de leitura também tem como finalidade captar membros e interessados para integrar o grupo e reunir um público mais qualificado e apreciadores da literatura para aproveitarem mais a unidade mantida pela fundação Astrojildo Pereira.

Com transmissão ao vivo pela página da fundação no Facebook, o evento de lançamento também pretende promover trabalhos de autores e valorizar e tornar ainda mais conhecido o acervo da biblioteca, que conta com 6,5 mil livros para empréstimo ao público em geral. Segundo a coordenadora da biblioteca, Thalyta Jubé, Brasília tem sido palco e um movimento muito grande de clubes de leitura.

“A ideia do clube de leitura é fazer um momento em que as pessoas possam discutir os livros. No fundo, quem lê quer compartilhar a leitura com outra pessoa que tenha o mesmo hábito e seja leitor do mesmo autor. Com o encontro mensal, também podemos motivar o pessoal a ir mais a biblioteca”, diz Thalyta.

A roda de conversa, segundo a proposta da biblioteca pública, é uma metodologia que reproduz um ambiente mais informal, estimulando o diálogo entre os participantes. Ela tem como objetivo promover a discussão sobre as diferentes formas que a literatura pode se apresentar. Para demonstrar isso, os autores convidados para o lançamento irão compartilhar as suas diferentes abordagens ao escreverem literatura.

Entre eles está a escritora de romances históricos Eneida Queiroz, autora cujo nome batiza o clube de leitura. Ela escreveu, por exemplo, dos livros Úmida Trama e A Mulher e a Casa. Também estão nesse time os autores Rubens Valente, que escreveu o livro-reportagem Os Fuzis e as Flechas, e Daniel Barros, referência em romance policial e escritor dos livros Canto Escuro, Enterro sem Defunto e Enquanto a Noite Durar, entre outros. Também está confirmada a presença da libanesa Dad Squarasi, colunista do Correio Braziliense e autora de livros, como Dicas da Dad e a Arte de Escrever Bem.

“As pessoas de sorte vivem com o dinheiro contado, mas a maioria vive devendo. Como fazê-las comprar livros e arranjar um tempo livre não apenas para ler, mas também para se encontrar com um outro grupo de pessoas que queiram debater esse livro? A ideia de um clube de leitura numa biblioteca pública, em área central de Brasília, facilitará esse processo”, afirma Eneida.

Segundo a autora, os interessados não precisarão comprar os livros, como fazem os demais frequentadores de outros clubes de leitura, já que, conforme acrescenta, a biblioteca da FAP providenciará o maior número possível de exemplares a serem emprestados. “Os encontros tentarão leves e interessantes, para cativar o público e incutir o gosto pela leitura”, destaca.

O evento será direcionado pelo mediador Paulo Souza, que integrará a mesa ao lado dos autores convidados. Ele é produtor cultural, editor e escritor. Na lista das obras de sua autoria, está o livro Ponto para Ler, mesmo nome de um perfil no Instagram e canal voltados para divulgação da literatura. Seu último trabalho é a novela Clarice, a Última Araújo.

“A abertura de um clube de leitura bem no coração da capital é, além de uma grande ação, uma enorme conquista, pois ajuda a desenvolver as melhores aptidões que um cidadão pode ter, que são a compreensão, saber escutar, empatia e, principalmente, o exercício do diálogo”, diz Paulo.

A sociedade brasileira, de acordo com o mediador, está caminhando para o amadurecimento e, acrescenta, “dentro desta evolução o papel da biblioteca vem ganhando novas definições”. “A biblioteca pública deixou de ser um espaço averso e de, unicamente, empréstimos de livros. Está começando a ser um ponto de convívio saudável que prega, acima de tudo, a evolução intelectual e interpessoal de seus frequentadores”, assevera o produtor cultural

De acordo com Thalyta, o evento se propõe, ainda, a viabilizar a execução de algumas das missões da biblioteca, como promover o conhecimento sobre a herança cultural, fomentar o diálogo intercultural e a diversidade cultural, além de apoiar a tradição oral.

Fonte: Cleomar Almeida/ Fundação Astrojildo Pereira

Lançamento nesta quinta (31/05), de “Viagem ao Sul de Mim”, de Luci Afonso

Nossa sindicalizada. Luci Afonso, lançará seu quarto livro, “Viagem ao Sul de Mim”, na quinta-feira, 30 de maio, às 19h, no Restaurante Carpe Diem (104 Sul.).

Natural de Araxá (MG), Luci Afonso mora em Brasília desde 1971. É servidora aposentada daCâmara dos Deputados, onde atuou por 30 anos no Departamento de Taquigrafia, Revisão e Redação. Cursou Licenciatura em Letras-Português na Universidade Católica de Brasília. Publicou os livros de crônicas Velhota, eu?, 2007; O Guardião da Manhã, 2009, aprovado pelo Fundo de Apoio à Cultura do Governo do Distrito Federal; Senhora dos Gatos, 2012, finalista do 55º Prêmio Jabuti de Literatura 2013 na Categoria Ilustração e vencedor do 14º Prêmio de Excelência Gráfica Jorge Salim 2013 na Categoria Design Gráfico. As três obras foram reeditadas em 2017. Em maio de 2019, lança Viagem ao Sul de Mim.

É filiada ao Sindicato de Escritores do Distrito Federal e membro da Academia Internacional de Cultura. Participa de antologias e demais atividades literárias em Brasília e em outras cidades.