Leia na íntegra a Ata da segunda reunião da Nova Diretoria do Sindescritores- 14/12/2018

Ata

Comunicado Geral 1/2019

Clique no link e acesse a Ata da segunda reunião da Nova Diretoria do Sindescritores realizada em 14/12/2018

ata de reunião 14 de dezembro-

 

Anúncios

Comunicamos e apresentamos nosso novo filiado: João Vieira 

36189035_10214996409655992_3308982249541599232_n

Comunicado Geral 26/2018
 
Comunicamos e apresentamos nosso novo filiado: João Vieira 
 
Colegas, comunicamos que nosso novo escritor sindicalizado é o escritor João Vieira ( a quem copio). Ele é terapeuta, muito engajado em trabalhos sociais (sempre fazendo ações com crianças em hospitais) e já publicou o seguinte título: “No lugar do outro (infantil).

Ele nasceu em 1971, no Gama/DF e recebeu o número de matrícula número 256.
Sinta-se abraçado por todos nós!
Saudações literárias do,
MARCOS LINHARES
PRESIDENTE
Sindicato dos Escritores do Distrito Federal
Tels.:  55 (61) 3031-6524 | 99905-5905
sindicatoescritoresdf@gmail.com
SCN Quadra 02 Bloco D Loja 310
1º Pavimento Shopping Liberty Mall – Asa Norte
CEP: 70712-904 – Brasília – DF

Realizada a 2ª reunião de planejamento até 2021, da diretoria do Sindescritores

 

Na sexta (14/12), foi realizada no Liberty Mall, a segunda reunião de planejamento até 2021, da diretoria do Sindescritores. Essa nova gestão promete! Afinal, em 2019 o Sindicato completará 40 anos.

Estamos a trabalhar.

 

Saudações literárias do,

MARCOS LINHARES
PRESIDENTE
Sindicato dos Escritores do Distrito Federal
Tels.:  55 (61) 3031-6524 | 99905-5905
sindicatoescritoresdf@gmail.com
SCN Quadra 02 Bloco D Loja 310
1º Pavimento Shopping Liberty Mall – Asa Norte
CEP: 70712-904 – Brasília – DF

III PRÊMIO DE POESIA “FLOR&SOL DO PLANALTO” – 2019

poesia
A Loja “Flor&Sol do Planalto”, livros, arte e artesanato, com o intuito de valorizar e
divulgar os artistas e poetas do Distrito Federal e do entorno do DF, institui o Prêmio de
Poesia “Flor&Sol do Planalto”, 2019.

 
I – Os concorrentes ao Prêmio de Poesia “Flor&Sol do Planalto” submeter-se-ão a este regulamento que é destinado aos poetas nascidos ou residentes no Distrito Federal ou
nas cidades do entorno. Vedada a participação de membros das comissões
organizadora e julgadora e parentes diretos destes.
II – Cada participante poderá concorrer com somente uma poesia inédita (não publicada
por nenhum meio), escrita em língua portuguesa, e deverá ter idade mínima de 18 anos.
III – As inscrições serão gratuitas.
IV – A poesia deverá ser digitada em fonte 14, arial, word, A4, espaço 1,5 e somente em
uma face do papel de, no máximo, 20 linhas. Não serão aceitos trabalhos manuscritos
ou apresentados de outra forma que não a enumerada anteriormente.
V – Os originais não serão devolvidos.
VI – O tema é livre, mas não podendo atentar contra a moral ou os bons costumes. Os
casos de plágio e cópias são de inteira responsabilidade dos concorrentes.
Premiações: Serão selecionados os 12 (doze) melhores poemas concorrentes.
Os 12 (doze) poemas selecionados serão publicados em uma antologia, pela loja
“Flor&sol do Planalto”, em forma de fanzine (livreto artesanal). Os fanzines publicados
têm encontrado sucesso e repercussão nos meios literários. Cada autor selecionado
ganhará como prêmio 3 (três) exemplares da antologia, valendo estes como pagamento
dos seus direitos autorais. O restante da tiragem ficará para venda na referida loja.
VII – As inscrições serão feitas pelo concorrente pessoalmente, no Box 193, Bloco F,
Feira de Artesanato da Torre de TV de Brasília de 07 de dezembro de 2018 a 30 de
março de 2019, somente nos finais de semana (sábado e domingo), das 10:00 horas às
16:00 horas.
VIII – Os trabalhos deverão ser entregues da seguinte forma: em duas folhas: na
primeira folha: o poema com título e pseudônimo do autor e na segunda folha: o
pseudônimo e o título do poema, nome completo, RG, endereço completo, telefone para
contato, e-mail, breve biografia com até cinco linhas. Também deverão ser apresentados
a Carteira de Identidade e o comprovante de endereço do autor, para simples
conferência.
IX – A comissão julgadora será composta por 03 (três) escritores e/ou pessoas ligadas à
literatura, indicados pela coordenação do concurso, cuja decisão será irrecorrível.

X – A apresentação do resultado e a entrega dos prêmios ocorrerão até 60 dias após o
término das inscrições.
XI – O ato de inscrição configura por si só a aceitação do concorrente de todo o
regulamento do presente certame e a participação neste concurso implica conhecimento
e concordância com o regulamento. O não cumprimento das normas desclassificará o
participante.
XII – Os casos omissos serão resolvidos pelas Comissões Organizadora e Julgadora do
concurso.
A loja “Flor&Sol do Planalto” trata-se de uma empresa independente que tem
desenvolvido diversos projetos na área da arte, da literatura e do artesanato, sempre
buscando valorizar o escritor e os artistas. Venham conhecer nossos trabalhos: Bloco
“F”, Box 193, Feira de Artesanato da Torre de TV de Brasília. Contato:
floresoldoplanalto@bol.com

Elias Antunes
Coordenador
Escritor

Consciência Humana

Captura de Tela 2018-11-20 às 15.27.43

Criação coletiva da nova diretoria do Sindescritores para homenagear o Dia da Consciência Negra:

Consciência Humana

Sou de carne, osso
E de histórias que merecem irromper
Meu sangue, acredite, também está em você

Memórias que irrompem pelas melodias
De Hendrix, de discursos majestosos
De Luther King, da força de Zumbi
O que tenho aqui? Um sonho…

Qual sonho? Um sonho de uma humanidade igualitária?
Ou que a pele só seria pele?
Peles humanas sem cor, sem preconceito
Sem racismo, sem injustiça

Anseio por uma humanidade que me abrace
Que me aconchegue
Que me permita fazer parte
Que me permita sonhar
Que me permita não permitir

Fazer o meu próprio destino, minha história
Minhas escolhas, minhas glórias
Quando o preto escreve a palavra liberdade no branco do papel
Manchada de nanquim e sangue
Escreve-se a verdade

Quando o negro se segue no livro, na pele,
O gesto de liberdade se reescreve
E se inscreve, na verdade:
E tudo é liberdade

Minha consciência não é branca
Nem negra
Minha consciência é humana
Multicolorida pela aquarela
Adornada pelo respeito às diferenças

Chapa Sindicato 2018-2021+ Propostas

É com entusiasmo que divulgo que me candidatarei à reeleição do Sindicato dos Escritores do Distrito Federal. Quando me candidatei pela primeira vez, escrevi que não iria concorrer de novo, contudo, fui convencido de que há tanto ainda por fazer e que não podemos interromper certos processos para não corrermos o risco de perdermos a continuidade do plantio.

A seguir, a composição da chapa, e as propostas, lembrando que a eleição será realizada entre 09h e 12h, do dia 17 de novembro, em nossa sede no Liberty Mall.

Atenciosamente,

Marcos Linhares

(61) 99905-5905

Chapa “Estamos a trabalhar”
Composição da chapa

Cargo Nome
Presidência Marcos Aurélio Branco Linhares

                         

Vice-Presidência Gilbson da Costa Alencar

 

Secretaria Geral Rodrigo Soares Duhau

 

Diretoria Financeira Paulo Henrique Cavalcante Souza
Diretoria deAudiovisual Raul Ernesto Larrosa Balesta
Diretoria de Mídias Sociais Fernanda de Oliveira Rodrigues da Cunha

 

Diretoria de Eventos Meireluce Fernandes da Silva

 

Diretoria de Literatura Infantil Márcia Devincenzi Reis Terra 

 

Diretoria de Marketing Arisson Tavares da Silva

 

Diretoria de Assuntos Jurídicos Judivan Juvenal Vieira

 

Diretoria de Relacionamento Institucional Daniel Deusdete Araújo Barreto
Diretoria de Gestão e Produção Cultural Cristiane Sobral Correa Jesus
Diretoria de Literatura Pré-Escolar Edylsia de Novais Simas
Diretoria de Literatura Afro-Brasileira  Augusto Rodrigues da Silva Júnior

 

Diretoria de Formação e Capacitação Cacilda Leal do Nascimento
Diretoria de Jovens Escritores Priscilla Oliveira de Castro

 

Diretoria de Projetos e Capacitação Victor Tagore de Mello e Alegria

 

Diretoria Socioambiental Sandra Maria Faiad André
Conselho Fiscal José Carlos Brito
Luciane Brito de Melo
Onã da Silva Apolinário
Conselho de Ética Astrogildo Regis Barbosa
José Miranda de Aquino
Ironita Mota
Conselho Consultivo Cinthia Nunan Baptista Kriemler
Maria Lícia Moraes Braga
Ozaina Barros Cruzeiro

PROPOSTAS

Para fortalecer o Sindescritores/DF, pretendemos implementar as seguintes medidas:

  • Continuar a atuar junto às Secretaria de Cultura e de Educação do DF, à Câmara Legislativa do DF, ao MinC, e ao Congresso Nacional,  propondo, fiscalizando e exigindo respeito, reconhecimento e inserção dos escritores locais nas políticas públicas do livro, leitura e bibliotecas;
  • Continuar divulgando nossos autores em nossas redes sociais;
  • Por meio de parcerias, oferecer a possibilidade de termos profissionais fazendo projetos dos sindicalizados para editais diversos como o FAC/DF, por exemplo;
  • Lutar pela criação do Instituto Distrital do Livro;
  • Lutar pela volta da revista DF Letras;
  • Lutar pelo espaço de criação literária colaborativa na  Biblioteca Demonstrativa de Brasília (BDB), também conhecida como Biblioteca Maria da Conceição Moreira Salles;
  • Lutar por programa literário de Estado, nos moldes do Pará, do Ceará e do Rio Grande do Sul, para impactar positivamente nossos jovens melhorando índices educacionais e minorando a evasão escolar, principalmente no ensino médio;
  • Continuar a parceria com a Feira do Livro de Brasília;
  • Apoiar as bibliotecas das unidades de internação;
  • Apoiar as bibliotecas públicas  e escolares;
  • Apoiar  programas literários em escolas rurais;
  • Promover um concurso nacional de literatura que promova o DF;
  • Criar uma livraria colaborativa;
  • Continuar a lutar para   conseguir o uso de trechos de obras de autores locais em concursos e vestibulares, fortalecendo a luta pelo ensino e reconhecimento da literatura brasiliense em escolas e faculdades;
  • Continuar com o processo, já iniciado, da regulamentação da obrigatoriedade da literatura brasiliense nas escolas;
  • Tornar a buscar parlamentares para aprovar um Projeto de Lei que declare nossa instituição Patrimônio Cultural Material e Imaterial do Distrito Federal.
  • Viabilizar, definitivamente, uma federação de escritores;
  • Criar pequenos catálogos de escritores e distribui-los em escolas e livrarias;
  • Criar encontros literários de literatura afro-braslileira, de literatura policial, de literatura infanto-juvenil;
  • Continuar com as maratonas da poesia;
  • Estabelecer parcerias para Criação de Clubes do Livro em Escolas do DF, à busca de descoberta e oportunização de espaços para a literatura infantil e juvenil;
  • Realização de eventos variados, de dimensões diversas para dar maior visibilidade à literatura jovem da cidade. Temos que continuar a preparar nossos jovens para assumirem o Sindicato daqui a alguns anos;
  • Procurar  a Secretaria de Educação para trazer à luz o talento dos escritores-professores, assim como também tentar implementar rodadas, cursos, palestras, piqueniques e gincanas literárias e,
  • Procurar o Sinepe/DF, no sentido, de ampliar os espaços aos escritores locais nas escolas privadas;
  • Continuar a estabelecer convênios com descontos apresentando nossas carteirinhas de sindicato.