Diretorias anteriores

“Diretoria 2015- 2018”

Presidência- Marcos Aurélio Branco Linhares

Secretaria-Geral – Pedro César Batista

Diretoria Financeira – Edylsia de Novais Simas (Gacy Simas)

Diretoria de Audiovisual – Raul Ernesto Larrosa Balesta

Diretoria de Mídias Sociais -Arisson Tavares

Diretoria de Gestão Administrativa – Amanda Von Doelinger Borba

Diretoria de Eventos- Meireluce Fernandes 

Diretoria de Literatura Infantil – Luciane Brito de Melo 

Diretoria de Marketing -Fabiana Gomes de Carvalho

Diretoria de assuntos jurídicos – Rodolfo Marcio Lapa Bontempo

Diretora de Relacionamento Institucional – Roberta Cristina Von Doelinger (Betta Doelinger)

Diretoria de Gestão e Produção CulturalCristiane Sobral Correa Jesus

Novas Diretorias criadas em Assembleia pela nova Gestão:

Diretoria de Literatura Pré-Escolar (0 a 3 anos)- Gacy Simas;

Diretoria da Literatura Afro-Brasileira, Cristina Sobral e Jorge Amâncio;

Diretoria de Literatura Técnica – a definir;

Diretoria de Literatura Oral- Lilia Diniz (em definição), Anand Rao e Raul Larrosa;

Diretoria de Formação e Capacitação: Jéssica Rodrigues

Diretoria de Novas Tecnologias, Fabiana Gomes;

Diretoria de Jovens Escritores– Flávio Vieira

Diretoria de Projetos e Captação– Nádima Nascimento e Juvenil Tomás

Diretoria Socioambiental – Nádima Nascimento e Sandra Fayad

 

CONSELHO FISCAL

José Carlos Brito

Lincon Alvares Lacerda

Onã Silva

 

CONSELHO DE ÉTICA

Andressa Lima Guerreiro dos Santos

Ironita Mota

 

CONSELHO CONSULTIVO

Cinthia Kriemler

Anand Rao Adusumilli

Ozaina Barros Cruzeiro

banner sindescritores1

Metas 2015-2018

Trabalharemos com o propósito de implementar ações que possam levar o Sindicato a alguns dos objetivos iniciais de sua criação (de acordo com o Estatuto) que transcrevemos:“I – colaboração com o Poder Público como órgão técnico e consultivo, no estudo e solução dos problemas que se relacionarem com a categoria dos escritores (…)”; III – promoção e estímulo à união e organização da categoria; V – criação e manutenção de serviços de assistência e apoio aos representados de acordo com suas disponibilidades financeiras e IX – defesa dos direitos e interesses coletivos da categoria de escritor”.

Nesse sentido, para fortalecer o Sindescritores trabalharemos para implementar as seguintes metas (entre outras):

  • Estabelecimento de sede virtual da entidade para que possamos receber correspondências, ter reuniões e receber ligações em local apropriado. Sugeri o escritório virtual localizado no Liberty Mall, pela localização e custo acessível. (sugestão de campanha aceita e já implementada)
  • Disponibilizar atendimento jurídico aos profissionais da categoria. Esse setor estará apto a atender os escritores sindicalizados que necessitem tratar de problemas que envolvam: contratos com editoras, gráficas, eventos, escolas, ou qualquer instituição que estabeleça uma relação de prestação de serviço; projetos e/ou participações em editais públicos ou privados que demandem análise ou parecer sobre determinadas decisões e,ainda qualquer atividade exercida ligada ao mister da atividade do escritor que demande assistência jurídica. Pretendemos que o escritor possa  conversar diretamente com o Advogado que lhe prestará assessoria sobre o seu caso. Após esse primeiro contato, se o trabalhador entender que será necessário o ajuizamento de alguma ação, ele poderá optar em contratar algum advogado indicado pelo Sindicato. Tão logo, seja estabelecida a parceria, serão disponibilizados os meios de contato com esse setor (telefone e e-mail) (cumprida por meio de parceria com a Dra. Rafaela Anselmo);
  • Criação de Tabela de Referência para remuneração mínima para possibilitar o estabelecimento de parâmetros cobrança dos serviços afeitos a literatura tais como: cursos, workshops, oficinas, palestras, contações de histórias, serviços de ghost-writing,copydesk, escritura de biografias, mediação de mesas (em eventos literários), entre outros. ( em estudo/processo)
  • Estabelecimento de parcerias institucionais com instituições de ensino superior para fortalecer a luta pelo ensino e reconhecimento da literatura brasiliense em escolas e faculdades. Nesse sentido, um primeiro grande passo seria conseguir o uso de trechos de obras de autores locais em concursos e vestibulares; (em processo com a UnB)
  • Campanha de Criação de Clubes do Livro em Escolas do DF, à busca de descoberta e oportunização de espaços para a literatura infantil e juvenil;
  • ( em estudo/processo)
  • Realização de eventos variados, de dimensões diversas para dar maior visibilidade à literatura jovem da cidade. Temos que preparar nossos jovens para assumirem o Sindicato daqui a alguns anos. As instituições literárias da cidade nada fizeram nesse sentido e estou estão envelhecidas, esquecidas e desanimadas. (cumprida com a realização do Encontro Nacional dos Escritores Jovens)
  • Estabelecer parceria com a Secretaria de Educação para trazer à luz o talento dos escritores-professores, assim como também tentar implementar rodadas, cursos, palestras, piqueniques e gincanas literárias; (cumprida  por meio de parceria com a Feira do Livro de Brasília)
  • Criar diretorias novas que dialoguem com os novos tempos, como as de: Literatura Oral, Literatura de 0 a 3 anos, Formação, Novas Tecnologias e Plataformas, Literatura Negra, Literatura Popular (cordel), Literatura Índigena, entre outras; (cumprida)
  • Voltar a publicar o Escriba; (em processo)
  • Estabelecer convênios com livrarias para podermos adquirir livros com descontos apresentando nossas carteirinhas de sindicato; (cumprida por meio de parceria com a Livraria Leitura);
  • Fazer estudo no sentido de tentar viabilizar uma cooperativa para o Sindicato; (cumprida – estudo mostrou não ser viável)
  • Estabelecer parceria com diversas bibliotecas públicas no sentido de a entidade tentar criar pequenas ações que possam melhorar o fluxo dessas casas tão especiais e esquecidas pelo poder público local; (cumprida)
  • Tentar criar convênios de intercâmbio com eventos nacionais e poder ter nossos escritores participando e, (em processo)
  • Buscar nossos parlamentares para aprovar um Projeto de Lei que declare nossa instituição Patrimônio Cultural Material e Imaterial do Distrito Federal. (em processo)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s